Case: Colmeia assistiva para crianças com necessidades especiais

Os trabalhos e cuidados com crianças com necessidades especiais exigem uma atenção extra. Assim, para realizar a comunicação com essas crianças, uma forma existente é o tablet para comunicação alternativa. Este projeto buscou otimizar a utilização desse tablet, criando uma barreira física de baixo custo que auxilia a criança na hora de interagir com o programa mostrado no tablet.

O Problema

Primeiramente, a CoemJr buscou conhecer o histórico da cliente: ela possuía uma filha com necessidades especiais de comunicação, e por conta do seu acompanhamento na fonoaudióloga, era utilizado um tablet pra realizar essa comunicação alternativa.

Isso era possível por meio de um programa especifico que ajudava a criança a falar algumas palavras, lembrar o nome de pessoas, entre outras funções. Um exemplo no mercado desse tipo de equipamento é explicado no site da Civiam.

Exemplo do programa para comunicação alternativa utilizado no tablet.

Desse modo, cada quadrado representava uma palavra que a criança selecionava na hora de se comunicar. O problema era que, além da barreira de se utilizar um equipamento alternativo (o tablet), a separação digital entre os quadrados não era suficiente para auxiliar na interação entre a criança com necessidades especiais e a plataforma.

Assim, a cliente buscava otimizar uma barreira física já utilizada pela fonoaudióloga. Essa era uma placa metálica com separações do tamanho exato dos quadrados, funcionando como uma colmeia. Dentre os problemas dessa colmeia estavam o preço alto por conta do material metálico e a possibilidade de machucar os dedos do usuário.


Para otimizar essa colmeia, a cliente sugeriu a fabricação por Impressão 3D, tornando a colmeia mais barata e mais fácil de ser adaptável no caso de precisar utilizar um tablet com dimensões diferentes.

Desenvolvimento

Primeiramente, os consultores da CoemJr começaram o projeto remodelando em software 3D a colmeia já existente. Com esse modelo virtual, fizeram adaptações para melhorar ainda mais a peça, como por exemplo tornar os cantos arredondados para evitar machucar o usuário.

De acordo com as necessidades informadas pela cliente, foram feitas várias versões da colmeia, constantemente testando junto a criança. Para tornar a experiência da menina ainda melhor, os testes informavam alterações necessárias como na espessura das grades, distância da tela e espaçamento dos quadrados.

Versão de modelagem da colmeia

Como a impressão 3D possui um custo muito reduzido, essas versões eram possível de serem feitas sem se preocupar com custos. Além de alterações na modelagem da colmeia, foram testados tipos de fixações no tablet, de acordo com os testes que a cliente realizava com a filha para encontra a melhor forma de encaixar a colmeia de forma a não prejudicar sua utilização.

O Projeto: Colmeia Assistiva

Para este projeto foi necessário um desenvolvimento junto com a cliente, para produzir uma colmeia com a melhor funcionalidade para a criança. Além disso, a fabricação em si foi feita em parceria com o Engenhar-MEC, que possuía impressoras com capacidade de produzir a colmeia, tanto com relação a seu material quanto dimensões.

Após esse projeto, também auxiliamos outros clientes, sendo pais e fonoaudiólogos, com as mesmas necessidades apresentadas nesse case. Desse modo, a colmeia assistiva para tablets pode ser a solução para outras crianças com necessidades especiais

Fale conosco!

Ficou interessado neste case da CoemJr ou gostaria de desenvolver o seu próprio projeto? Fale com a gente!

Gostou do Conteúdo? Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Buscamos ser o ponto potencializador de resultados, propondo soluções completas de engenharia.

Contato

Receba Nossos Conteúdos!

CoemJr 2021 © Todos os Direitos Reservados

ATENÇÃO! Ao navegar no site Coemjr.com.br, você concorda com a utilização de cookies, conforme descrito em nossa Política de Privacidade.